Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Dizem noutros blogs

por vianadoalentejoja, em 16.10.13

A Senhora de Aires, de ao pé de Viana

 

 

Igreja do santuário de Nossa Senhora de Aires (Foto: Gastão de Brito e Silva)


A cerca de 5 km de Viana do Alentejo situa-se um dos mais importantes santuários do sul do país: o santuário de Nossa Senhora de Aires. Todos os anos tem lugar uma romaria a este santuário, que costuma realizar-se no quarto domingo de setembro. O santuário encontra-se num local situado junto à antiga estrada romana que ligava Ebora (Évora) a Pax Julia (Beja). Por este motivo, têm-se encontrado numerosos vestígios romanos nas suas imediações.

A imponente igreja do santuário, em estilo barroco, foi construída no séc. XVIII, em substituição de um outro templo do séc. XVI, que foi demolido. O autor do projeto foi o padre João Baptista, sendo o portal, em estilo rococó, da autoria de Manuel Antunes, de Estremoz. A construção esteve a cargo de Manuel Gomes.

Na página http://www.pontosdevista.net/expoi.php?id=108 pode ler-se o seguinte, a respeito das lendas que o povo conta sobre o santuário:

(…)
Existem duas lendas contadas pelo povo. Uma que relata que naquela herdade, chamada dos Vaqueiros, morava um lavrador rico, supõe-se que Martim Vaqueiro, que possuía uma manada de bois. Na herdade existia um curral onde todas as noites os bois eram recolhidos. A certa altura os empregados do lavrador repararam que durante a noite os bois saiam do curral para irem pastar, mas que no outro dia de manhã estavam todos lá dentro, com a porta fechada. Foram então contar o mistério ao patrão que se dispôs a ir dormir uma noite à porta do curral. Nessa noite apareceu-lhe em sonhos Nª Senhora, que lhe disse que era Ela que abria a porta aos bois e que era de Sua vontade que fizessem naquele local uma casa de Deus e que para isso Ela própria o ajudaria. O lavrador tratou logo de juntar os materiais necessários para dar início à igreja e como era preciso muito dinheiro vendeu alguns dos seus bois. Porém, quando os voltou a contar, após a venda, tinha na manada a mesma conta, tendo sido um milagre de Nª Senhora.

O aparecimento da imagem da Senhora d'Aires também tem uma lenda, e encontra-se expressa numa inscrição na portada do Santuário. É um verso em latim, que relata que após a expulsão dos mouros destas terras, um lavrador arava o campo quando encontrou dentro de um pote de barro a imagem que se vê no altar. Sobre esta lenda, diz-se que a imagem foi descoberta por Martim Vaqueiro quando este lavrava o campo.
(…)


Nesta outra página, do Município de Viana do Alentejo, pode ler-se uma descrição bastante pormenorizada do santuário: http://www.cm-vianadoalentejo.pt/pt/conteudos/o%20concelho/historia/santuario%20n%20s%20aires.htm.

 

As paredes da Casa dos Milagres do santuário encontram-se cobertas de incontáveis fotografias e ex-votos, que o povo ali tem vindo a colocar ao longo dos tempos, como forma de agradecimento a Nossa Senhora de Aires pelas graças e milagres concedidos (Foto: Aninhas; gosto de gostar e não gosto de não gostar)

Autoria e outros dados (tags, etc)



Atentos ao Futuro


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031



Arquivo